Dicas e diretrizes para amamentação

Dicas e diretrizes para amamentação

É importante que você mamãe possa observar as técnicas adequadas da amamentação. O objetivo dessas técnicas é permitir que você mamãe aproveite ao máximo a amamentação e possa contribuir para o desenvolvimento saudável de seu bebê.

A amamentação tem muitas vantagens para o bebê e para a mãe. Uma vez que existem nutrientes no leite materno que são fundamentais para o bebê e que não existem no leite que a vaca produz. Mais ainda, há menos complicações associadas ao leite materno do que ao leite de vaca.

Tem sido anunciado repetidamente que é melhor para os bebês que sejam amamentados durante os primeiros seis meses, mesmo até os dois anos, é a orientação da (OMS) Organização Mundial de Saúde. Então, por que o leite materno é tão benéfico para o bebê? Em primeiro lugar, apenas o leite materno contém colostro que é essencial para o bebê tomar. Leites produzidos comercialmente não podem simular o colostro feito pela mãe.

O colostro contém anticorpos naturais e imunoglobulinas responsáveis ​​por manter o bebê livre de doenças nos primeiros meses de vida.

Vantagens da amamentação

Uma das vantagens do leite materno sobre o leite de vaca é que permite que a mãe economize, pois o leite de vaca pode ser caro. O bebê pode se adaptar melhor ao leite materno. As fezes do bebê não ficam com odor tão forte e ainda não ajudam no bom andamento do intestino em comparação com o leite de vaca.

A amamentação também foi aprovada como um dos métodos de planejamento familiar.

Como a amamentação passou a ter tanta importância, muitas mamães foram alertadas sobre todos os benefícios da amamentação para mamãe e bebê.

Porém, apesar da consciência, muitas mães ainda relatam problemas mamários associados à lactação. Na maioria das vezes, esses problemas estão associados a técnicas inadequadas de amamentação.

A importância da orientação para amamentação

A fim de diminuir a incidência de problemas relacionados à mama devido à lactação, é importante que as mães observem as técnicas adequadas de amamentação. Em última análise, tanto a mãe quanto o bebê se beneficiarão com a observância adequada dessas técnicas. Não saber como amamentar corretamente pode causar alguns problemas que trazem sofrimento para a mamãe, e isso pode ser evitado por isso vale a pena estar bem orientada.

Em primeiro lugar, você precisa preparar seu peito para a produção de leite. Existem vários exercícios para os mamilos a fim de prepará-los para entregar o leite materno ao bebê. Um desses exercícios envolveria beliscar o mamilo rotineiramente.

Em segundo lugar, e o que a maioria das mães não percebe é como manter o mamilo limpo antes que o bebê o pegue para mamar. Quando você planeja amamentar, você deve evitar usar sabonete nos mamilos, se precisar limpar os mamilos isso deve ser feito com um pano macio molhado em água limpa.

O terceiro passo, e talvez o mais importante, é permitir que seu bebê se segure corretamente em seu mamilo. Você saberá quando seu bebê for segurado corretamente quando a boca dele cobrir toda a aréola e não apenas os mamilos. É essencial que o seu bebê pegue corretamente para que ele possa estimular adequadamente o “reflexo de descida” das mamas, onde o leite desce pelos dutos e sai pelo mamilo.

Dicas e diretrizes para amamentação
aleitamento materno

Como ajudar o bebê a pegar o peito da mamãe

Para ajudar seu bebê a pegar corretamente os peitos, você deve usar o reflexo de procura dele. Isso se manifesta nos primeiros meses de vida. Você estimula a bochecha do seu bebê, perto da boca, usando seu mamilo, e a cabeça dele se voltará automaticamente para o estímulo.

A boca do bebê deve se abrir e assim estará pronta para receber seu mamilo. Quando terminar, você pode ajudar seu bebê a parar de agarrar inserindo um dedo mindinho limpo na lateral da boca e deixando-o ligeiramente aberto. Assim que seu bebê vai parar de sugar já pode remover o mamilo.

Aleitamento materno como evitar dores no mamilo

Para evitar dores nos mamilos e ingurgitamento mamário, você deve monitorar a quantidade de tempo que seu bebê suga com cada mamilo. Normalmente, é aconselhável gastar de 10 a 15 minutos em cada mama para se certificar de que os seios estão completamente vazios de leite.

Isso evitará o ingurgitamento mamário. Na próxima vez que seu bebê se alimentar de seu seio, deixe-o mamar com o último seio que ele ou ela alimentou. Isso esvaziará completamente o leite dessa mama antes de você passar para a outra mama.

Conte nos como foi sua experiência no período de amamentação de seu bebê. Compartilhe esse artigo com seus amigos e confira outros assuntos importantes sobre como cuidar do bebê aqui em nosso blog, Obrigada e até o próximo assunto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *